Queijo do Rio de Janeiro é eleito um dos melhores do mundo em competição na França

Queijo do Rio de Janeiro é eleito um dos melhores do mundo em competição na França
a
Gastronomia

Um queijo produzido por uma pequena queijaria de Valença, no interior do estado do Rio, conquistou o 7º lugar na competição Mondial du Fromage 2023, que avalia queijos de todo o mundo.

O brasileiro caprinus, produzido pela Capril do Lago a partir de leite de cabra, foi o único não europeu, entre 1.600 queijos avaliados, a chegar ao top 12 do ranking. O concurso aconteceu em Tours, na França, entre 10 e 12 de setembro.

Na técnica usada pela queijaria artesanal, são necessários 17 litros de leite de cabra para fazer um quilo do queijo premiado, vendido a R$ 220. O método é parecido com o de produção do queijo pecorino (derivado do leite da ovelha), mas utiliza massa cozida e prensada. A maturação leva um ano, com escovação todos os dias. O resultado é um sabor mais leve e picante.